Postado: / por Janice Umbudigital / em Blog

Taça das Favelas São Paulo Série B tem segunda rodada na Vila Guarani

A briga pela classificação fica ainda mais acirrada com sobe e desce na tabela

Michel Henrique Santos da Graça* e Caio Sampaio*

A Vila Guarani, zona sul de São Paulo, recebeu no sábado (11), mais uma rodada da Taça das Favelas Série B.  A disputa pelo acesso a série de elite continua na edição paulista no torneio organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela, com resultados deixando a classificação apenas para a última rodada.

Complexo Jd. São Pedro 3×0 Favela Pq. São José

No jogo das que vencera seus primeiros jogos na Série B do maior campeonato de futebol entre favelas do mundo, o complexo de São Pedro manteve o 100%. O primeiro, foi um golaço de Enzo Gabriel que chutou de fora da área. No segundo tempo, de dentro da área, Luis Felipe ampliou a vantagem e Richard finalizou de pênalti para fazer o terceiro.

Favela da Tribo 3×2 Favela Casarão

Jogo equilibradíssimo e cheio de reviravoltas, com um primeiro tempo cheio de gols. Kayo Felipe começou abrindo o placar para a Favela da Tribo, logo na sequência, Henrique roubou a bola da defesa e já empatou para a Favela Casarão. Na reta final do primeiro tempo, Henrique fez o seu segundo e o da virada, mas de novo, em poucos minutos, Paulo Henrique deixou tudo igual. No meio da segunda etapa, Kayo Felipe fez o da virada e o da vitória para a Favela da Tribo, que vence sua primeira partida na competição.

Complexo COHAB Juscelino 1×1  Favela Santa Terezinha

Jogo quente na Vila Guarani. Após erro da defesa, o goleiro do Santa Terezinha foi expulso fazendo a falta na entrada da área e, com o goleiro improvisado, tomou o gol de Henrique da Silva. Maycon Henrique levou a bola na linha de fundo, driblou em direção da área e marcou um golaço, fazendo o empate. Santa Terezinha ainda perdeu mais um jogador por expulsão, ficando com dois a menos na segunda etapa, mas ainda sim seguraram o empate. Ambas as favelas ainda não venceram no grupo e se complicam na tabela.

Complexo Jd. Lapenna 0x1 Favela Cinga Pura Vila Rica

O jogo era morno até o final. A Vila Rica pressionava mais, mas errava na finalização, até que Jonathan fez o único gol da partida de dentro da área. Cinga Pura repetiu o placar de 1X0 da primeira rodada e garante a vaga na Série A da Taça das Favelas São Paulo 2023.

Favela Siqueira 0x0 Favela do Boi Malhado

Primeiro tempo de um jogo pegado, sem muitas chances com as duas favelas se estudando muito. A Favela Siqueira chegou com perigo na área do boi molhado, mas goleiro Kelvyn Henrique fechou o gol. No segundo tempo, as favelas voltaram com nervo a flor da pele e o Siqueira teve mais posse de bola, porém não conseguiu converter em oportunidades de gol, terminando o jogo em 0 x 0.

Favela Boca do Lixo 1×0 Favela da Erundina

Primeiro tempo pouco movimentado entre as favelas, levando pouco perigo ao gol adversário. Na segunda fase, após uma cobrança de escanteio, Kaiky de Jesus sobe de cabeça marca o gol que garante a vitória da Boca do Lixo.

Favela Morro da Lua 1×3 Favela São Carlos

Começo de jogo arrasador da Favela São Carlos, colocando 2 gols no placar e chegando com mais perigo frente ao morro da lua. Depois do intervalo, o Morro da Lua voltou melhor e conseguiu encostar, diminuindo o placar, mas a Favela do São Carlos não se abateu e deu números finais à partida.

Favela Cidade Nova 8×1 Favela da Peinha

Num final de tarde chuvosa na Vila Guarani, o que não faltou foi gol da Cidade Nova. A favela começou pressionando num ritmo forte, marcando 4 gols e indo para intervalo com folga. Na volta, não tirou pé do acelerador e ampliou a vantagem, aplicando uma sonora goleada. A Favela da Peinha fez gol de honra da partida.

Complexo Jorge Ogushi 2×3 Complexo Santa Rosa

Primeiro tempo trucando sem grandes oportunidades. O Complexo Jorge Ogushi abriu placar e continuou pressionando até conseguir marcar o segundo e ir para intervalo com vantagem. Mas, no segundo tempo, Santa Rosa após algumas mexidas técnicas, conseguiu buscar resultado com Caique, Cauã e Murilo, virando o jogo e garantindo a vitória.

*Voluntários sob supervisão da assessoria de comunicação da CUFA.

 

Foto: Pedro Bellini
Foto: Pedro Bellini