Postado: / por Janice Umbudigital / em Blog

Definidas as 16 favelas que integrarão a série A do maior torneio entre favelas do mundo

Sorrisos e lágrimas marcaram a última rodada da série B

Michel Henrique Santos da Graça*

A Taça das Favelas série B chegou ao fim, no último domingo, 26 de março, na Vila Guarani, zona sul de São Paulo. As nove partidas eletrizantes definiram as 16 favelas classificadas para a série A do torneio organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela. Assim como em toda a competição, os jogos foram todos válidos pela categoria masculina.

Complexo Jardim São Pedro 1×0 Favela Casarão

A Favela do Casarão perde a terceira e está fora da Série A. Em jogo equilibrado com ambos os goleiros trabalhando bem quando solicitados, o único gol da partida veio de um forte cruzamento da direita que contou com um desvio da defesa para marcar. A favela do Jardim São Pedro se classificou e promete dar trabalho na série A da edição paulista do maior campeonato de futebol entre favelas do mundo.

Favela da Tribo 2×1 Favela Parque São José

Com os dois times entrando em campo com grandes chances de classificação, bastava a briga pela segunda posição do grupo. O jogo começou com o Parque São José marcando de falta com Felipe Miranda, que contou com falha da defesa. Ainda na primeira etapa, a Favela da Tribo empatou com Paulo Henrique fazendo de cabeça após bola lançada. O gol da virada veio dos pés de Cicero que acertou um belo chute.

Complexo COHAB Juscelino 2×0 Favela Cingapura

O time da COHAB Juscelino precisava de apenas um empate para garantir a classificação, mas conseguiu fazer melhor e tirou a invencibilidade do Cingapura, abrindo o placar no primeiro tempo com Renan. O segundo, veio depois de uma cobrança de falta de Renan para Kauan Amorim fazer de cabeça. Com a segunda posição do grupo garantida, o COHAB Juscelino segue para série A e se junta à Cingapura, que já estava classificada.

Complexo Jardim Lapenna 2×4 Favela Santa Terezinha

Em jogo decisivo que valia vaga para série A, Santa Terezinha fica com a última vaga do grupo. O jogo com muito gols começou com o Jardim Lapenna abrindo o placar com um golaço de Paulo Henrique do meio da rua. Pela Santa Terezinha, Maycon aproveitou chance clara na área e não vacilou. A virada veio pela direita e Felipe Pereira marcou. No terceiro gol, a bola pingou na frente do goleiro que acabou encobrido, e Maycon faz com o gol livre. De escanteio, o Lapenna diminuiu com Hugo Santos, mas Felipe marcou novamente para concluir o placar e classificar a Santa Terezinha.

Favela do Sapé 1×0 Favela do Boi Malhado

Jogo decisivo com direito a vaga para série A. O único gol da partida foi marcado por Mychel no primeiro tempo, e foi o suficiente para colocar a Favela do Sapé na Série A deste ano. O time do Siqueira que empatou as duas também avançou no grupo.

Favela do Mutirão 0x1 Favela da Erundina

NO ÚLTIMO MINUTO
Ambas as favelas disputavam a última vaga do grupo 4, e apostaram a maioria dos seus lances na bola longa. Mas foi na bola parada que o gol saiu, Kauê Gomes marcou de falta, no minuto final, para colocar a Favela da Erundina na série A. Boca do Lixo é a outra classificada no grupo.

Favela do Tijuco Preto 0x3 Favela São Carlos

Jogo de um grupo em que estava tudo em aberto, São Carlos teve a sua segunda vitória e garantiu classificação e a do Morro da Lua também. O placar começou com João Pedro fazendo de pênalti e, em bola lançada na área, João apareceu de novo para fazer o seu segundo. Kauan Vitor marcou o terceiro, logo após troca de passes dentro da área. São Carlos garante 100% de aproveitamento e promete dar trabalho na série A.

Favela Jd 9 de Julho 3×1 Favela da Peinha

9 de Julho se junta a Cidade Nova e confirma vaga na série A. Os autores dos gols foram Matheus Henrique Silva, Lucas Soares e Vitor. O único gol da Favela da Peinha ficou por conta de Guilherme Albuquerque.

Complexo Jd. Santo Elias 0x7 Favela Santa Rosa

Encerrando a Série B, Favela Santa Rosa garante 100% de aproveitamento com goleada incrível. Murilo abriu o placar, Anderson ampliou, Cauã Souza fez o seu primeiro, Caíque acertou chute que bateu no travessão antes de entrar e Cauã marcou o quinto e o sexto, fazendo um belo hat-trick. Para completar a goleada, Guilherme Moreira fez o sétimo da goleada da sua favela. Juntos a eles, Jorge Ogushi também garantiu vaga no grupo.

 

Foto: Ítalo Clicks
Foto: Ítalo Clicks
Foto: Ítalo Clicks
Foto: Ítalo Clicks
Foto: Ítalo Clicks
Foto: Ítalo Clicks