Postado: / por Larissa Santos / em Blog

Apitou, é gol. Atacantes disputam gol mais rápido da temporada

Em poucos minutos de bola rolando, a rede balançou

 

Por Diego Silva*

No segundo domingo de Taça das Favelas São Paulo 2023, boa parte dos gols saíram no início de partida. Mas em alguns casos, mal deu tempo do árbitro apitar, porque em menos de um minuto de bola rolando, Sergio William do Boca do Lixo e João Daniel da Cidade Tiradentes balançaram a rede da competição organizada pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela.

Foto: IDM Produções

Também foi dia das torcidas marcarem presença. X do Morro, Cidade Tiradentes e Zaki Narchi, por exemplo, levaram bateria, bandeiras, bexigas e muita fumaça, uma grande festa para celebrar o maior campeonato entre favelas do mundo. Saiba o que rolou nos oito jogos do domingo.

Foto: IDM Produções

 

Boca do Lixo 3×1 José Bonifácio

A primeira partida do dia começou com grande emoção, o gol mais rápido da edição. Em menos de 1 minuto de jogo, Sergio William, camisa 20 do Boca do Lixo, fez um belíssimo gol com a assistência do Gabriel Marigliani, camisa 8.

No segundo tempo, uma falha da defesa do José Bonifácio e Wendell Florêncio, camisa 17, amplia o placar para o Boca do Lixo. Mas a comemoração não durou muito tempo, porque 3 minutos depois, um pênalti que foi cobrado por Cristiano Makodila, reduzindo o placar para o José Bonifácio. No final, uma cobrança de falta ampliaria o placar para o Boca do Lixo.

 

Campanário 3×1 Morro da Lua

O jogo começou acirrado. Aos 3 minutos, William Vinicius, camisa 10 do Morro da Lua, abriu o placar com um gol de falta. A partida seguiu tranquila até os 25 minutos, mas uma confusão na área do Morro da Lua onde Gabriel Antônio, camisa 7 do Campanário, aproveitou a chance e fez o gol que deu o empate.

No segundo tempo, a Favela Campanário ampliou o placar com dois gols:  de falta, aos 15 minutos, por Vitor Alves, camisa 20, e logo depois, o terceiro e último gol do jogo, feito pelo Kayke Oliveira, camisa 28, ampliando o placar para o Campanário.

 

Pantanal-Vila União 0x5 Colina

O primeiro tempo foi repleto de lances perigosos e cobranças de faltas próximo da grande área até os 27 minutos, quando Enzo Cornazzani mandou para o fundo da rede.

E não parou por aí. Na volta do intervalo, teríamos o hat-trick de Gabriel Louzada para deixar o placar elástico favorável ao Colina.  Gustavo de Jesus, camisa 9, fechou a goleada, marcando o quinto e último gol da partida.

 

Espraiada 1×1 Morro do Piolho

Intensa disputa de bola no início de partida, sendo necessário uma bola parada aos 8 minutos para que o Jhonailson Felipe, camisa 11 do Morro do Piolho, fizesse uma cobrança de falta que foi no ângulo, colocando a favela a frente. Entretanto, a vantagem não durou muito. Quatro minutos depois, Anderson Nathan, camisa 11 da Espraiada, deixou o placar empatado e permaneceu assim até o final do jogo.

 

X do Morro 1×2 Parque Taipas

Jogo eletrizante, com os dois times buscando oportunidades para fazer o gol. Em menos de 1 minuto do segundo tempo, João Gabriel, camisa 9 do Parque Taipas, abriu o placar. Aos 12,  Cristian Alves, camisa 14 do X do Morro, deixou tudo igual. Falha na defesa do X do Morro e um passe errado, Eduardo dos Santos, camisa 18 do Parque Taipas, ampliou o placar, finalizando em 2×1.

 

Peinha 4×2 Texas

Chuva de gols durante o primeiro tempo, começando aos 4 minutos com Richard Kevin abrindo o placar para a Peinha e Gustavo de Mesquita deixando tudo igual aos 10. Richard Ângelo marcou o segundo gol da Peinha. Aos 19 minutos, Rykelme Gonçalves abre vantagem e Richard Ângelo marca o quarto da Peninha com o relógio em 26.

No segundo tempo, aos 4 minutos, Erik Jesus diminuiu para o Texas.

 

Cidade Tiradentes 3×1 Zaki Narchi

O gol mais rápido da competição até agora aconteceu durante o penúltimo jogo do dia, feito por João Daniel, camisa 9 da Cidade Tiradentes, que abriu o placar com 25 segundos de bola rolando. O time da Zaki Narchi correu atrás e marcou o gol do empate aos 19 minutos, com Diego José. No segundo tempo, Jeverson Felix cobra escanteio e Matheus Ferreira finaliza de cabeça, abrindo vantagem para Cidade Tiradentes. Para fechar o jogo, Yan Pereira, camisa 2 do Cidade Tiradentes, mandou a bola pro fundo da rede.

 

Parque Savoy 0x1 BNH

O último jogo do dia foi bem equilibrado entre os times durante o primeiro tempo, sem sair nenhum gol. Mas nos 5 minutos do segundo tempo, Thiago Santos, camisa 09 do BNH, marcou o único gol do jogo. BNH ainda teve a oportunidade de ampliar, mas o goleiro do Parque Savoy, Miguel Duarte defendeu o pênalti com grandiosidade.

 

*Voluntário sob supervisão da assessoria de comunicação da CUFA

Foto: IDM Produções
Foto: IDM Produções
Foto: IDM Produções
Foto: IDM Produções
Foto: IDM Produções
Foto: IDM Produções

 

Foto: IDM Produções