Postado: / por Larissa Santos / em Blog

TAÇA DAS FAVELAS FEMININA TEM ESTREIA EMOCIONANTE COM GRANDES VITÓRIAS

16 favelas começaram a trilhar o caminho do título, válido pela série A do campeonato

 

Por Hiorran Rafael*, Diego Silva*, Lucas Kleber*e Michel Henrique*

A Taça das Favelas São Paulo 2023, o maior campeonato entre favelas do mundo, teve a estreia da categoria feminina na Vila Manchester, localiza na zona leste da capital paulistana. Com o pontapé eletrizante, a competição reafirma seu compromisso em promover a inclusão e dar visibilidade às mulheres no esporte.

O destaque da rodada da competição organizada pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela, ficou por conta da Casa Verde, favela que conquistou o título da primeira edição em 2019, estreando bem sobre a Boca do Lixo por 4 a 0. A jogadora Marianna Cesar brilhou ao balançar a rede duas vezes, contribuiu para a vitória de sua favela. E falando em quem já teve a honra de erguer o sonhado troféu de campeã, Paraisópolis, vencedora em 2022, também começou com o pé direito ao ganhar da Vila Remo por 2 a 0. Com um jogo sólido e eficiente, a favela mostrou que está pronta para defender seu título.

Kero Kero, atacante de Paraisópolis. Foto: IDM Produções

“Nossa, uma felicidade. Graças a Deus, fiz um golaço de cabeça, estreando com um gol na Taça das Favelas”, disse Kero Kero, atacante de Paraisópolis.

As maiores goeladas foram protagonizadas pelas favelas Vila Gilda e Jardim Colombo, que mostraram autoridade e habilidade de finalização das jogadoras em seus primeiros confrontos. Em Vila Gilda 6×2 Jd dos Francos, cinco atletas diferentes marcaram, sendo Josiane Ferreira a única a fazer dois gols. Mas Joyce, capitã da favela derrotada, apesar do placar elástico, trouxe uma perspectiva positiva: “Pra muitos foi uma goleada, mas tenho certeza que pra gente foi como uma vitória. As meninas são muito novas, não tiveram tanto tempo de preparação e mesmo assim, conseguiram fazer dois gols.

Josiane(Vila Gilda) e Joyce( Jd dos Francos). Foto: Jeyson Sousa

Já o Jardim Colombo, aplicou 7 a 0 no Damasceno, o maior resultado até o momento. A favela Jardim Colombo dominou a partida e não deu chances para o adversário, mostrando um grande poder ofensivo e pegando a liderança do grupo C com um saldo de gols vantajoso.

A Taça das Favelas é uma competição que vai além do futebol, promovendo a inclusão social e a valorização das comunidades. O torneio proporciona oportunidades para jovens talentos do esporte e fortalece o empoderamento feminino através do futebol, estimulando a igualdade de gênero. Os jogos continuarão a movimentar as favelas de São Paulo, trazendo ainda mais emoção e histórias inspiradoras ao longo do campeonato.

*Voluntário sob supervisão da assessoria de comunicação da CUFA

Foto: Ítalo Clicks
Foto: IDM Produções
Foto: Ítalo Clicks
Foto: Ítalo Clicks
Foto: IDM Produções
Foto: Futebol Quebrada
Foto: Ítalo Clicks
Foto: IDM Produções